Skip to content

Posts tagged ‘mercado de ações 2012’

23
Apr

Mercado de ações em 2012

Como você deve ter percebido o último ano agora de 2011 foi um ano de incertezas no mercado financeiro, tanto pelas informações que pudemos conferir em relação a crise européia e na zona do Euro em relação a dívida pública em rebaixamento. A situação foi marcada por fatores políticos, econômicos e administrativos em torno de soluções que foram sendo discutidas para promoção da estabilidade desses países e dos principais índices mundiais.

A veiculação dessas informações foi intensa em torno do caos apurando novidades em andamento para a correção e  a estabilização. Mas até que ponto essas notícias podem de alguma forma interferir na movimentação do mercado ? . Quais os fatores que são tomados como relevância em uma situação de crise e pode prejudicar o desempenho dos principais índices internacionais ?

A bolsa de valores é regida por notícias e reflexos internos e externos da economia do país advindos pelos meios de comunicação, ou seja, o tempo todo noticiários, jornais, mídias e Internet julgam e apuram dados estatísticos com projeções para empresas, instituições e sistemas financeiros. Essas notícias são sempre utilizadas como base para a tomada de decisões da maioria das pessoas que prezam pelo melhor em um investimento, principalmente quando se trata de seu dinheiro.

Assim sendo conforme existam julgamentos ruins sobre uma empresa, automaticamente haverá menos pessoas investindo nessa empresa caindo seu índice de procura e seu desempenho sofrerá influência com balanço negativo. A mesma coisa acontece com a divulgação de uma crise financeira envolvendo os principais bancos internacionais. Os principais analistas sobre as taxas de juros irão julgar desfavoráveis aplicações externas devido ao risco exposto nesse tipo de investimento pelo baixo retorno que irá apresentar.

E as projeções para a economia atual, será que vão estagnar ou irão reagir para atingir os pontos mais elevados em relação aos anos anteriores?. Em análise aos mercados Europeus e a divulgação de dados do crescimento mundial, houve uma queda para estimativa de crescimento de 3,4% para 3% esse ano de acordo com BNP Paribas, dados que constam no relatório de conferência Global Outlook apresentando em 28 de novembro.

Para o cenário nacional tudo indica uma perspectiva de afrouxamento monetário e um crescimento de 0,2% não mais 0,7% conforme projeções anteriores. Devemos entender que uma economia depende da outra para seu fluxo correto de capital, pois se os paises desenvolvidos estão em desaquecidos haverá menor poder de compra desses internamente, assim diminuindo as exportações e a economia.

Para que uma solução fosse consolidada creio que deva acontecer uma cooperação fiscal entre os países do bloco, transparência de informações e dados, para uma melhor coordenação de união fiscal com melhor estrutura política para administração de soluções para intervenção direta no caso assim terá uma melhor clareza do que deve ser feito.